Piadas sem noção nenhuma

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Piadas sem noção nenhuma

Mensagem  Admin em Ter Jun 09, 2009 11:00 pm

OS MACONHEIROS E O JUIZ Laughing

Dois amigos estavam fumando maconha e foram pegos pela polícia. No dia
do julgamento o juiz, que estava de bom-humor, disse:
- Vocês parecem ser boas pessoas, por isso lhes darei uma segunda
chance! Ao invés de irem pra cadeia, vocês terão que mostrar para as
pessoas os terríveis males das drogas e convencê-las a largá-las!
Compareçam ao tribunal daqui uma semana, pois eu quero saber quantas
pessoas vocês convenceram!
Na semana seguinte os dois voltaram e o juiz perguntou para o primeiro homem:

- Como foi sua semana, rapaz?
- Bem, meritíssimo, eu convenci 17 pessoas a pararem de consumir
drogas para sempre!
- 17 pessoas? - disse o juiz, satisfeito - Que maravilha. O que você
disse para elas?
- Eu usei um diagrama, meritíssimo. Desenhei 2 círculos como estes:
O º
- Aí apontei pro círculo maior e disse: Este é o seu cérebro em
tamanho normal... e apontando pro menor....E este é o seu cérebro
depois das drogas! Muito bem! - aplaudiu o juiz, virando-se para o
outro sujeito - E você? Como foi sua semana?
- Eu convenci 234 pessoas, meritíssimo!
- 234 pessoas? - exclamou o juiz, pulando da cadeira - Incrível! Como
você conseguiu isso?
- Utilizei um método parecido com o do meu colega. Desenhei 2 círculos
como estes:
º O
- Mas eu apontei para o círculo menor e disse: Este é seu fiofó antes da prisão... Laughing

Admin
Admin

Mensagens: 83
Data de inscrição: 09/06/2009

Ver perfil do usuário http://azeraclub.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piadas sem noção nenhuma

Mensagem  Admin em Sex Jun 19, 2009 11:49 am

Uma empresa entendeu que estava na hora de mudar o estilo de gestão e
contratou um novo gerente geral. Este veio determinado a agitar as
bases e tornar a Empresa mais produtiva.

No primeiro dia, acompanhado dos principais assessores, fez uma
inspeção geral na empresa.

No armazém todos estavam trabalhando, mas um jovem estava encostado na
parede com as mãos no bolso.Vendo uma boa oportunidade de demonstrar a
sua nova filosofia de trabalho, o novo gerente perguntou ao rapaz:

- Quanto é que você ganha por mês?
- Trezentos reais, porquê? - Respondeu o rapaz sem saber do que se tratava.

O administrador tirou os R$ 300,00 do bolso e os deu ao rapaz, dizendo:

- Aqui está o seu salário deste mês. Agora desapareça e não volte aqui
nunca Mais!

O rapaz guardou o dinheiro e saiu conforme as ordens recebidas.

O gerente então, enchendo o peito, pergunta ao grupo de operários:

- Algum de vocês sabe o que este tipo fazia aqui?
- Sim senhor - responderam atônitos os operários.
- Veio entregar uma pizza e estava aguardando o troco.

Tem pessoas que desejam tanto MANDAR, que se esquecem de PENSAR.

(Luís Fernando Veríssimo)

Admin
Admin

Mensagens: 83
Data de inscrição: 09/06/2009

Ver perfil do usuário http://azeraclub.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piadas sem noção nenhuma

Mensagem  Admin em Sex Jun 19, 2009 10:31 pm

O que fazer no avião quando o passageiro do lado é um chato?


1. Tirar o laptop da mala;

2. Abrir o laptop devagarinho e calmamente;

3. Ligar;

4. Assegurar-se de que o vizinho está olhando;

5. Ligar a Internet;

6. Fechar os olhos por breves momentos, abri-los de novo e dirigir o olhar para o céu;

7. Respirar profundamente e abrir este site:

http://www.myit-media.de/the_end.html

8. Observar a expressão facial do vizinho.

Razz Very Happy Laughing rabbit

Admin
Admin

Mensagens: 83
Data de inscrição: 09/06/2009

Ver perfil do usuário http://azeraclub.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

NA ESTRADA DE AZERÃO

Mensagem  Kaco em Sex Out 16, 2009 3:28 pm

O sujeito estava na rodovia dos bandeirantes com seu azerão, domingo pela manhã, numa tocada média, a seus 180km/h, quando um homem da polícia militar rodoviária o manda encostar.
O policial, soldado Pereira, diz educadamente:
- Bom dia! Meu radar detectou que o senhor estava a 180Km/h. Por favor, preciso ver sua carteira de habilitação e os documentos do veículo.
O felizardo (pois possui um azerão) disse:
- Desculpe soldado Pereira, mas não tenho os documentos do carro, pois é roubado.
- Como assim? disse o policial. Saia do carro imediatamente e ponha as mãos para cima, bravou o soldado!
O felizardo saiu calmamente.
Disse o policial: - O Sr. roubou o carro de quem?
E o felizardo: - roubei do cara que está morto no porta malas, pois tive que matá-lo.
E o soldado: - O senhor está preso! Onde está a arma do crime?
E o felizardo: - Ora, está no porta-luvas, com os seis projéteis deflagrados.
Antes de qualquer averiguação e diante de um fato tão grave, o soldade Pereira pediu reforço, quando então chega uma viatura com o tenete Macedo.
E o tenente interroga o felizardo? - Escute aqui rapaz, que história é essa?
O felizardo respondeu: - Sr. tenente Macedo, está havendo um grande equívoco!
E o tenente pergunta: - O senhor praticou um latrocínio, porte ilegal de arma de fogo e provavelmente está planejando a ocultação do cadáver e diz que há um mal entendido?
E o felizardo, calmamente (característica dos azereiros) explica: - Sr. Tenente Macedo, que absurdo! Vamos olhar o porta-malas. Veja, está vazio. Vamos ao porta luvas e veja, só tem o manual do carro (que carro). E por fim, mostra o documento do carro em seu nome, com licenciamento em ordem e IPVA pago.
Por fim, diz o felizardo: - Agora tenente, só falta o soldado Pereira dizer que eu estava a 180 km/h!!!!!!!

Abraços!

Kaco

Mensagens: 65
Data de inscrição: 21/08/2009
Idade: 46
Localização: São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piadas sem noção nenhuma

Mensagem  TRASH em Sex Out 16, 2009 3:40 pm

Kaco escreveu:O sujeito estava na rodovia dos bandeirantes com seu azerão, domingo pela manhã, numa tocada média, a seus 180km/h, quando um homem da polícia militar rodoviária o manda encostar.
O policial, soldado Pereira, diz educadamente:
- Bom dia! Meu radar detectou que o senhor estava a 180Km/h. Por favor, preciso ver sua carteira de habilitação e os documentos do veículo.
O felizardo (pois possui um azerão) disse:
- Desculpe soldado Pereira, mas não tenho os documentos do carro, pois é roubado.
- Como assim? disse o policial. Saia do carro imediatamente e ponha as mãos para cima, bravou o soldado!
O felizardo saiu calmamente.
Disse o policial: - O Sr. roubou o carro de quem?
E o felizardo: - roubei do cara que está morto no porta malas, pois tive que matá-lo.
E o soldado: - O senhor está preso! Onde está a arma do crime?
E o felizardo: - Ora, está no porta-luvas, com os seis projéteis deflagrados.
Antes de qualquer averiguação e diante de um fato tão grave, o soldade Pereira pediu reforço, quando então chega uma viatura com o tenete Macedo.
E o tenente interroga o felizardo? - Escute aqui rapaz, que história é essa?
O felizardo respondeu: - Sr. tenente Macedo, está havendo um grande equívoco!
E o tenente pergunta: - O senhor praticou um latrocínio, porte ilegal de arma de fogo e provavelmente está planejando a ocultação do cadáver e diz que há um mal entendido?
E o felizardo, calmamente (característica dos azereiros) explica: - Sr. Tenente Macedo, que absurdo! Vamos olhar o porta-malas. Veja, está vazio. Vamos ao porta luvas e veja, só tem o manual do carro (que carro). E por fim, mostra o documento do carro em seu nome, com licenciamento em ordem e IPVA pago.
Por fim, diz o felizardo: - Agora tenente, só falta o soldado Pereira dizer que eu estava a 180 km/h!!!!!!!

Abraços!


hahahadsahsduasdhuasdhuasdhuadshuads

showww

TRASH

Mensagens: 94
Data de inscrição: 01/09/2009
Localização: SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piadas sem noção nenhuma

Mensagem  Admin em Sab Jan 30, 2010 1:27 pm

Kaco escreveu:O sujeito estava na rodovia dos bandeirantes com seu azerão, domingo pela manhã, numa tocada média, a seus 180km/h, quando um homem da polícia militar rodoviária o manda encostar.
O policial, soldado Pereira, diz educadamente:
- Bom dia! Meu radar detectou que o senhor estava a 180Km/h. Por favor, preciso ver sua carteira de habilitação e os documentos do veículo.
O felizardo (pois possui um azerão) disse:
- Desculpe soldado Pereira, mas não tenho os documentos do carro, pois é roubado.
- Como assim? disse o policial. Saia do carro imediatamente e ponha as mãos para cima, bravou o soldado!
O felizardo saiu calmamente.
Disse o policial: - O Sr. roubou o carro de quem?
E o felizardo: - roubei do cara que está morto no porta malas, pois tive que matá-lo.
E o soldado: - O senhor está preso! Onde está a arma do crime?
E o felizardo: - Ora, está no porta-luvas, com os seis projéteis deflagrados.
Antes de qualquer averiguação e diante de um fato tão grave, o soldade Pereira pediu reforço, quando então chega uma viatura com o tenete Macedo.
E o tenente interroga o felizardo? - Escute aqui rapaz, que história é essa?
O felizardo respondeu: - Sr. tenente Macedo, está havendo um grande equívoco!
E o tenente pergunta: - O senhor praticou um latrocínio, porte ilegal de arma de fogo e provavelmente está planejando a ocultação do cadáver e diz que há um mal entendido?
E o felizardo, calmamente (característica dos azereiros) explica: - Sr. Tenente Macedo, que absurdo! Vamos olhar o porta-malas. Veja, está vazio. Vamos ao porta luvas e veja, só tem o manual do carro (que carro). E por fim, mostra o documento do carro em seu nome, com licenciamento em ordem e IPVA pago.
Por fim, diz o felizardo: - Agora tenente, só falta o soldado Pereira dizer que eu estava a 180 km/h!!!!!!!

Abraços!

Muito boa essa piada. kkkkkkkkkkkkk

Admin
Admin

Mensagens: 83
Data de inscrição: 09/06/2009

Ver perfil do usuário http://azeraclub.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piadas sem noção nenhuma

Mensagem  Admin em Qui Fev 04, 2010 5:54 pm

ESSE É "O CARA"

NÃO ESQUEÇAM O SEU NOME... JAMAIS ...


*Antônio Roberto*, psicólogo e psicoterapeuta
................................................................................................................
Uma senhora consulta o Dr. Antônio, nesses termos:
Dr.Antonio, abaixo segue o meu problema, espero que possa me ajudar.
Peguei meu carro e saí pra trabalhar, deixando meu marido em casa vendo televisão. Rodei pouco mais de 1km quando o motor morreu e o carro parou. Voltei pra casa, para pedir ajuda ao meu marido. Quando cheguei, nem pude acreditar, ele estava no quarto, com a filha da vizinha!
Eu tenho 32 anos, meu marido 34, e a garota 22.
Estamos casados há 10 anos, ele confessou que eles estavam tendo um caso há 6 meses. Eu o amo muito e estou desesperada. Você pode me ajudar?
Antecipadamente grata.

*RESPOSTA
Cara *Patrícia* ,
Quando um carro pára, depois de haver percorrido uma pequena distância,
isso pode ter ocorrido devido a uma série de fatores. Comece por verificar se tem gasolina no tanque. Depois veja se o filtro de gasolina não está entupido. Verifique também se tem algum problema com a injeção eletrônica. Se nada disso resolver o problema, pode ser que a própria bomba de gasolina esteja com defeito, não proporcionando quantidade ou pressão suficiente nos injetores. A pessoa ideal para ajudá-la seria um mecânico por isto, jamais deveria ter voltado para casa para chamar seu marido. Ele não é mecânico.
Você está errada. Não repita mais isso
Espero ter ajudado
Antônio Roberto

Admin
Admin

Mensagens: 83
Data de inscrição: 09/06/2009

Ver perfil do usuário http://azeraclub.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Piadas sem noção nenhuma

Mensagem  Kaco em Seg Fev 22, 2010 3:51 pm

Por acaso o companheiro tem o telefone deste psicólogo???
Laughing
rsrsrsrsrsrsrsr ótima!!

Kaco

Mensagens: 65
Data de inscrição: 21/08/2009
Idade: 46
Localização: São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

TESTE DE RACISMO

Mensagem  VICTOR SIQUEIRA em Seg Jun 13, 2011 10:26 pm

EM UM GALINHEIRO EXISTEM TRINTA GALINHAS.UM NEGÃO LEVA DEZ PENOSAS.QUANTAS FICAM? UM ABRAÇO

VICTOR SIQUEIRA

Mensagens: 8
Data de inscrição: 05/05/2011
Localização: RIO DE JANEIRO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

TESTE DE RACISMO

Mensagem  lrmorcelli em Ter Jun 14, 2011 9:45 pm

VICTOR SIQUEIRA escreveu:EM UM GALINHEIRO EXISTEM TRINTA GALINHAS.UM NEGÃO LEVA DEZ PENOSAS.QUANTAS FICAM? UM ABRAÇO

hehehe. sem sacanear, mas acho que ficaram 40, né?

lrmorcelli

Mensagens: 9
Data de inscrição: 07/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Da série "O Médico e o Paciente"

Mensagem  lrmorcelli em Ter Jun 14, 2011 9:54 pm

Diálogo entre um médico e seu paciente, após exames de rotina:
Médico: - Tenho duas notícias para voce. Uma muito ruim e outra excessivamente boa, qual voce gostaria de saber primeiro?
Paciente: - Quero a ruim primeiro, pois sendo a outra excessivamente boa, posso suportar a primeira.
Médico: - Voce só tem mais um dia de vida
Paciente: Meu Deus, que outra notícia poderia ser escessivamente boa depois desta?
Médico: - Está vendo aquela enfermeira gostosona ali no canto?
Paciente: - Sim doutor, o que tem ela?
Médico: - Tô pegando..


Última edição por lrmorcelli em Ter Jun 14, 2011 10:11 pm, editado 1 vez(es)

lrmorcelli

Mensagens: 9
Data de inscrição: 07/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Da série "O Médico e o Paciente"

Mensagem  lrmorcelli em Ter Jun 14, 2011 10:00 pm

Diálogo entre um médico e seu paciente, após resultado de exames.
Médico: Tenho uma notícia ruim e outra péssima pra lhe dar.
Paciente: Então dê-me a notícia ruim primeiro.
Médico: Voce só tem mais dois dias de vida.
Paciente: Meu Deus, e qual poderia ser a noticia pior que esta?
Mádico: Eu deveria ter falado isso pra voce, ontem.

lrmorcelli

Mensagens: 9
Data de inscrição: 07/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Da série "O Médico e o Paciente"

Mensagem  lrmorcelli em Ter Jun 14, 2011 10:10 pm

Diálogo entre um médico e seu paciente após a cirurgia:
Médico: - Tenho duas notícias pra voce, uma boa e a outra ruim, qual voce quer saber primeiro?
Paciente: - A Ruim, claro.
Médico: - Amputamos a perna errada.
Paciente; - Que droga!, Qual a noticia boa então?
Médico: - A outra está melhorando, acho que não vai ser necessário amputá-la..







lrmorcelli

Mensagens: 9
Data de inscrição: 07/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O Consultor e o Gerente

Mensagem  lrmorcelli em Ter Jun 14, 2011 10:15 pm

Um homem anda por uma estrada próxima a uma cidade, quando percebe, a pouca distância, um balão voando baixo. O balonista lhe acena desesperadamente, consegue fazer o balão baixar o máximo possível e lhe grita:
- Ei você, poderia ajudar-me? Prometi a um amigo que me encontraria com ele às duas da tarde, porém já são duas e meia e nem sei onde estou. Poderia me dizer onde me encontro?
O outro homem, com muita cortesia, respondeu:
- Mas claro que posso ajudá-lo! Você se encontra em um balão de ar quente, flutuando a uns vinte metros acima da estrada. Está a quarenta graus de latitude norte e a cinqüenta e oito graus de longitude oeste.
O balonista escuta com atenção e depois pergunta-lhe com um sorriso:
- Amigo, você trabalha como consultor?
- Sim, senhor, ao seu dispor! Como conseguiu adivinhar?
- Porque tudo o que você me disse está perfeito e tecnicamente correto, porém esta informação me é totalmente inútil, pois continuo perdido. Será que você não tem uma resposta mais satisfatória?
O consultor fica calado por alguns segundos e finalmente pergunta ao balonista:
- E você, não seria por acaso um Gerente?
- Sim, por um acaso sou um gerente. Porque?
- Ah, foi muito fácil! Veja só: Você não sabe onde está e nem para onde vai. Fez uma promessa da qual não tem a mínima idéia de como irá cumprir e ainda por cima espera que outra pessoa resolva o seu problema. Continua exatamente tão perdido quanto antes de me perguntar. Porém, agora, por um estranho motivo, a culpa passou a ser minha...

lrmorcelli

Mensagens: 9
Data de inscrição: 07/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum